Macarrão de baixa caloria vira arma contra obesidade


Uma das populações com os maiores índices de obesidade do mundo, os Estados Unidos, não cansa de procurar maneiras para diminuir essa estatística. A moda da vez é um macarrão japonês conhecido por itokonnyaku ou macarrão konjac, por ser produzido a partir da batata Konjac cultivada no leste asiático. 

Composto por apenas 3% de fibra e 97% de água, o alimento tem sido cada vez mais procurado por quem quer perder peso, principalmente, porque a ''novidade'' conta com uma quantidade mínima de calorias e praticamente nada de carboidrato. Apesar de deixar a pessoa com a sensação de saciedade imediata, o ''miojo milagroso'' também não tem sabor e conta com baixo valor nutricional. A nutricionista Juliana Senger, da clínica Emagrecentro, de Londrina, alerta para os cuidados na hora de consumir o macarrão. Segundo ela, como se trata de um produto 100% natural, ele é muito bem-vindo, mas precisa ser adicionado na dieta de maneira moderada e consumido como um prato complementar. 
Juliana reforça que o alimento é indicado para consumo, principalmente, no horário do jantar, por se tratar de um prato leve. Porém, ela alerta aqueles que pensam em comer o macarrão todos os dias com o objetivo de perder peso imediato. 

''O uso desse macarrão na culinária japonesa é comum há muito tempo. Existe nele a presença de uma fibra alimentar chamada glucomanan que em contato com o suco gástrico aumenta de tamanho e deixa o estômago cheio. O glucomanan já é prescrito para diminuir a fome justamente por esta saciedade que ele causa. Com isso, a pessoa não sente fome e acaba por emagrecer'', diz a nutricionista.

fonte:  Folha de Londrina.



Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Um comentário:

  1. acabei de conhecer seu blog e amei,parabéns pelo seu trabalho,os posts são fantásticos é um prazer ver blogs como o seu voltarei sempre bjs...

    http://blogtopodendo.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu recado.